Biominas Academy
5 de 5
1 avaliação

Purificação de Produtos Biotecnológicos

Tudo que você precisa saber para purificar de forma bem sucedida um bioproduto
Willian Kopp
P&D
Intermediário

Sobre o curso

O interesse em Produtos Biotecnológicos está aumentando cada vez mais em nossa sociedade, visto que essa tecnologia tem sido um grande interesse das indústrias. Porém, existem várias variáveis que refletem no custo e utilização desses produtos, e a etapa de purificação destes produtos também reflete nisso. Porém, o foco deste curso é mostrar o quanto promissora e atrativa esta área se mostra, com um enfoque nas proteínas. 

A ampla possibilidade de aplicação de produtos biotecnológicos vai desde a indústria química (verde), agrícola, novos materiais, cosmética até a indústria farmacêutica. O curso, mostra a você uma visão que vai desde a definição de Biotecnologia e os conceitos básicos da área, até os procedimentos para a aplicação e purificação desses produtos, além de abordar todas as tendências e o que há de mais moderno no desenvolvimento e purificação de bioprodutos. 


Para quem é o curso?

  • Profissionais que desenvolvem e executam processos de purificação de produtos biotecnológicos;
  • Profissionais de Biotecnologia (que vai desde alunos da graduação, a profissionais que já trabalham profissionalmente nesta área) 

 

Certificado

Certificado de 45 horas emitido diretamente pela Fundação Biominas. 

 

Metodologia

O curso “Purificação de Produtos Biotecnológicos" possui mais de 120 aulas online à disposição dos alunos. Em cada módulo do curso são disponibilizadas atividades e materiais complementares. Além disso, os professores ficam à disposição dos alunos para sanar dúvidas. 

APRESENTAÇÃO DO CURSO

1
Vídeo de apresentação do curso
2
Apresentação dos professores
3
Apresentação detalhada dos tópicos do curso
4
ACESSO AOS MATERIAIS COMPLEMENTARES

Caros Alunos,

 

Após a migração de plataforma para os cursos online da Biominas, não foi possível manter a estrutura original do curso no que diz respeito aos materiais complementares. Já que a plataforma atual não suporta a upload de vários arquivos pdf em um mesmo item e também não suporta o upload de outros formatos de arquivo.

 

Desta forma tivemos que improvisar. Agora todos os arquivos complementares citados no curso devem ser acessados através de um link externo do GoogleDrive que irá direcionar para uma pasta contendo os arquivos citados.

 

Segue o link para acesso:

 https://drive.google.com/drive/folders/1Z4B9bF0AkMWouy02Tigud1n-u6rrTitQ?usp=sharing

 

Desde já agradecemos!

 

Willian, Renata e Carlos

 

Módulo 1 - Introdução a Purificação de Produtos Biotecnológicos

5
1.1 O que é biotecnologia?

Neste tópico iremos falar um pouco sobre o que é a biotecnologia.

6
1.2 Um pouco de história

Neste tópico iremos apresentar rapidamente a história da biotecnologia moderna.

7
1.3 Fontes de proteínas e suas aplicações

Neste tópico iremos falar sobre as fontes e aplicações industriais de proteínas de interesse.

8
1.4 O mercado de biotecnologia

Neste tópico iremos abordar aspectos do mercado de biotecnologia no Brasil e no mundo.

9
1.5 Desenvolvimento de bioprocessos

Neste tópico introdutório apresentamos a definição e características principais de um bioprocesso.

10
1.6 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

Módulo 2 - Tecnologia das fermentações no contexto da biotecnologia - Introdução

11
2.1 Tecnologia das fermentações no contexto da biotecnologia - Introdução

Neste mundo tópico apresentar você para o mundo das fermentações.

12
2.2 Fermentação como processo unitário - Parte 1

Neste tópico vamos falar sobre fermentações industriais.

13
2.3 Fermentação como processo unitário - Parte 2

Neste tópico vamos falar um pouco mais sobre fermentações industriais

14
2.4 Tipos de processos fermentativos

Você sabe quais são os tipos de processos fermentativos?

15
2.5 Condução do processo fermentativo - Parte 1

E agora, como eu faço minha fermentação?

 

16
2.6 Condução do processo fermentativo - Parte 2

Fermentando...

17
2.7 Esterilização e desinfecção

Cuidado com as contaminações!

18
2.8 Cinética de processos fermentativos - Parte 1

Neste tópico vamos falar sobre como acompanhar um processo fermentativo.

 

19
2.9 Cinética de processos fermentativos - Parte 2

Neste tópico vamos falar sobre como acompanhar um processo fermentativo.

20
2.10 Agitação e aeração

Tem que regar para crescer...

 

21
2.11 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

Módulo 3 - Proteínas estrutura e função

22
3.1 Proteína estrutura e função: Uma introdução

Proteínas suas lindas...

 

23
3.2 Como um código representa toda a vida

Vida, sua linda...

24
3.3 Aminoácido - Simples peças que formam estruturas complexas

Não é lego, mas é de montar.

25
3.4 Como as proteínas são organizadas - Estrutura primária

Neste tópico vamos falar sobre a estrutura primária das proteínas.

 

26
3.5 Como as proteínas são organizadas - Estrutura secundária

Neste tópico vamos falar sobre a estrutura secundária das proteínas.

27
3.6 Como as proteínas são organizadas - Estrutura terciária

Neste tópico vamos falar sobre a estrutura terciária das proteínas.

 

28
3.7 Como as proteínas são organizadas - Estrutura quaternária

Neste tópico vamos falar sobre a estrutura quaternária das proteínas.

29
3.8 Determinação de estrutura de biomoléculas

Neste tópico vamos falar um pouco sobre como determinar a estrutura de uma proteína.

30
3.9 Cristalografia de raio-X

Neste tópico vamos abordar um pouco sobre a técnica de cristalografia de raios-X para determinação da estrutura de proteínas

31
3.10 Crio-microscopia eletrônica

Aqui vamos apresentar o estado da arte no que diz respeito a determinação de estruturas de proteínas, a crio-microscopia eletrônica.

32
3.11 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

 

Módulo 4 - Bancos de dados e análises estruturais in silico de proteínas

33
4.1 Introdução - bancos de dados de biomoléculas

Neste tópico nós vamos apresentar os principais bancos de dados para a busca de estruturas de proteínas

34
4.2 Bancos de dados de proteínas parte 1

Neste tópico nós vamos apresentar os principais bancos de dados para a busca de estruturas de proteínas.

35
4.3 Bancos de dados de proteínas parte 2

Neste tópico nós vamos apresentar os principais bancos de dados para a busca de estruturas de proteínas

36
4.4 UniProt

Neste tópico nós vamos aprender a como realizar buscas no UniProt

37
4.5 ProtParam

Neste tópico nós vamos aprender a como utilizar a ferramenta ProtParam

38
4.6 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

Módulo 5 - Softwares para análise de proteínas

39
5.1 Introdução a análise de estruturas de proteínas

E agora, como analisar a estrutura de minha proteína?

40
5.2 Bancos de dados de estruturas de proteínas

Neste tópico vamos abordar quais são os principais bancos de dados utilizados na análise de proteínas.

41
5.3 Programas de análise de estrutura

Neste tópico vamos apresentar alguns programas que podem ser utilizados para a análise de padrões estruturais em proteínas.

 

42
5.4 PyMOl e Chimera

Neste tópico iremos apresentar a vocês os programas PyMol e Chimera.

 

43
5.5 Discovery Studio

Neste tópico iremos apresentar a vocês o programa Discovery Studio.

 

44
5.6 Estudos de caso 1 - L-Asparaginase

Vamos usar o que aprendemos em um estudo de caso com o biofármaco L-Asparaginase?

45
5.7 Estudo de caso 2 - SARS-CoV-2 spike glycoprotein

Vamos usar o que aprendemos em um estudo de caso com o spike glycoprotein do SARS-CoV-2?

 

46
5.8 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

 

Módulo 6 - Purificação de proteínas: Operações unitárias preparatórias e de baixa resolução

47
6.1 Introdução ao tópico - Porque é tão difícil purificar um bioproduto?

Neste tópico iremos discutir porque é tão difícil purificar proteínas.

48
6.2 Abordagem Bottom up para a purificação de proteínas

Neste tópico iremos apresentar a abordagem bottom-up para purificação de proteínas.

49
6.3 Desenvolvimento de processos de purificação: Resposta a técnicas quantitativas e qualitativas

Neste tópico iremos falar um pouco sobre técnicas qualitativas e quantitativas para a purificação de proteínas.

50
6.4 Desenvolvimento de processos de purificação: Janela de operação (estabilidade térmica e química)

Neste tópico iremos falar um pouco sobre a importância da avaliação da estabilidade térmica e química no desenvolvimento de processos de purificação de proteínas

51
6.5 Desenvolvimento de processos de purificação: Tamanho e forma da molécula alvo

Neste tópico iremos falar sobre como usar informações sobre tamanho e forma para orientar no processo de purificação de proteínas.

52
6.6 Desenvolvimento de processos de purificação: Composição de aminoácidos de uma proteína

Neste tópico iremos falar sobre como usar informações sobre a composição de aminoácidos para orientar no processo de purificação de proteínas.

53
6.7 Desenvolvimento de processos de purificação: Ponto isoelétrico e distribuição de cargas

Neste tópico iremos falar sobre como usar informações sobre a distribuição de cargas na superfície para orientar no processo de purificação de proteínas.

54
6.8 Desenvolvimento de processos de purificação: Indicadores de hidrofobicidade

Neste tópico iremos falar sobre como usar informações sobre o grau de hidrofobicidade para orientar no processo de purificação de proteínas.

55
6.9 Desenvolvimento de processos de purificação: Padrões de superfície

Neste tópico iremos falar sobre como usar informações sobre os padrões de superfície para orientar no processo de purificação de proteínas.

 

56
6.10 Desenvolvimento de processos de purificação: Tudo junto e misturado

E agora, como eu uso o que aprendi para decidir qual estratégia de purificação utilizar?

57
6.11 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

Módulo 7 - Qualificação e quantificação experimental de proteínas

58
7.1 A importância da quantificação precisa da molécula alvo durante um processo de purificação

Neste tópico vamos falar sobre a importância em medir de forma precisa a concentração da molécula alvo em processos de purificação de bioprodutos

59
7.2 Quantificação direta a partir da absortividade molar na região do ultravioleta

Neste tópico vamos falar sobre métodos espectrofotométricos para medir a concentração de proteínas em solução.

60
7.3 Quantificação empregando métodos colorimétricos

Neste tópico vamos falar sobre métodos espectrofotométricos para medir a concentração de proteínas em solução.

61
7.4 Quantificação de proteínas a partir de medidas de atividade enzimática

Neste tópico vamos falar sobre métodos de medida de atividade enzimática como estratégia para quantificar a concentração de enzimas em solução.

62
7.5 Métodos de detecção e quantificação indireta de proteínas

Neste tópico iremos apresentar alguns métodos alternativos para quantificação de proteínas em solução.

63
7.6 Métodos ELISA e derivados para quantificação de proteínas

Neste tópico iremos falar sobre métodos baseados em interação antígeno-anticorpo para medida da concentração de proteínas em solução.

 

64
7.7 Qualificação e semi-quantificação de proteínas por técnicas eletroforéticas

Neste tópico iremos falar sobre o uso de técnicas eletroforéticas para inferir a concentração de proteínas.

 

65
7.8 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

 

Módulo 8 - Purificação de proteínas: Operações unitárias preparatórias e de baixa resolução

66
8.1 Introdução a operações unitárias para purificação preparatórias e de baixa resolução

Neste tópico iremos falar de maneira geral sobre as principais técnicas preparatórias e de baixa resolução para a purificação de proteínas.

 

67
8.2 Clarificação

Neste tópico iremos falar sobre o conjunto de operações unitárias conhecido como clarificação.

 

68
8.3 Filtração convencional

Neste tópico iremos falar sobre  o conjunto de operações unitárias conhecido como filtração convencional.

 

69
8.4 Filtração tangencial

Neste tópico iremos falar sobre o conjunto de operações unitárias conhecido como filtração tangencial.

 

70
8.5 Centrifugação

Neste tópico iremos falar sobre o conjunto de operações unitárias conhecido como centrifugação.

 

71
8.6 Técnicas de rompimento celular

Neste tópico iremos falar sobre  técnicas de rompimento celular utilizadas em processos industriais.

 

72
8.7 Precipitação

Neste tópico iremos falar sobre o conjunto de operações unitárias conhecido como precipitação.

73
8.8 Ultrafiltração

Neste tópico iremos falar sobre o conjunto de operações unitárias conhecido como ultrafiltração.

74
8.9 Extração em sistemas aquosos bifásicos

Neste tópico iremos falar sobre  técnicas de purificação baseadas em sistemas aquosos bifásicos.

 

75
8.10 Tudo junto e misturado

Neste tópico iremos abordar qual a sequência ideal e como escolher as operações unitárias preparatórias e de baixa resolução mais adequadas ao meu processo de purificação.

 

76
8.11 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

Módulo 9 - Purificação de proteínas: Cromatografia

77
9.1 Inrodução a cromatografia como técnica análitica e de purificação

Neste tópico iremos introduzir vocês ao maravilhoso mundo da cromatografia.

78
9.2 Componentes de um sistema cromatográfico

Neste tópico iremos apresentar os principais componentes de um sistema cromatográfico.

79
9.3 Classificação dos métodos cromatográficos

Neste tópico iremos abordar os principais métodos cromatográficos para a purificação de proteínas.

 

80
9.4 Cromatografia líquida, LC e Flash

Neste tópico vamos apresentar as técnicas cromatográficas de baixa e média pressão para a purificação de compostos de interesse.

 

81
9.5 Fases estacionárias para a purificação de proteínas

Neste tópico iremos abordar as principais fases estacionárias utilizadas na purificação de proteínas.

 

82
9.6 Fases móveis para a purificação de proteínas

Neste tópico iremos abordar as principais fases móveis utilizadas na purificação de proteínas.

 

83
9.7 Adsorção

Neste tópico iremos falar sobre os fenômenos adsortivos, que são a base das técnicas de separação cromatográfica.

 

84
9.8 Etapas de um processo cromatográfico para a purificação de proteínas

Você sabe quais são as etapas de um processo cromatográfico?

 

85
9.9 Variáveis de um processo cromatográfico para purificação de proteínas

Você sabe quais são as principais variáveis de um processo cromatográfico?

 

86
9.10 Não é mágica! Como a cromatografia pode ser tão eficiente para a separação de compostos

Cromatografia, sua linda...

87
9.11 Entendendo um cromatograma

Neste tópico iremos apresentar como interpretar um cromatograma.

 

88
9.12 Considerações teóricas sobre processos cromatográficos

Um pouco de teoria para fixar conhecimentos.

 

 

89
9.13 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

 

Módulo 10 - Purificação de proteínas: Técnicas cromatográficas

90
10.1 O que devemos saber antes de começar um processo cromatográfico para purificação de proteínas?

3, 2, 1… começando!

91
10.2 Desenvolvimento de um processo de purificação de proteínas em 3 etapas: Abordagem CIPP

Neste tópico vamos apresentar uma lógica simplificada para desenvolvimento de processos de purificação.

 

92
10.3 Parâmetros de performance para cromatografia de proteínas

Como saber se meu processo é um bom processo?

93
10.4 Criando uma ficha de propriedades para escolha do processo de purificação cromatográfico

Neste tópico vamos mais uma vez utilizar a ficha de propriedades, agora para desenvolvimento de um processo cromatográfico para purificação da molécula alvo.

 

94
10.5 Técnicas cromatográficas de purificação de proteínas baseadas nas propriedades da molécula alvo

Neste tópico vamos mais uma vez utilizar a ficha de propriedades, agora para desenvolvimento de um processo cromatográfico para purificação da molécula alvo.

95
10.6 Cromatografía de interação hidrofóbica

Neste tópico iremos apresentar e discutir a cromatografia de interação hidrofóbica

 

96
10.7 Cromatografia de troca iônica

Neste tópico iremos apresentar e discutir a cromatografia de troca iônica

97
10.8 Cromatografia de exclusão molecular

Neste tópico iremos apresentar e discutir a cromatografia de exclusão molecular

98
10.9 Cromatografia de afinidade

Neste tópico iremos apresentar e discutir a cromatografia de afinidade

99
10.10 Cromatografía de bioafinidade

Neste tópico iremos apresentar e discutir a cromatografia de bioafinidade

 

100
10.11 Cromatografia de fase reversa

Neste tópico iremos apresentar e discutir a cromatografia de fase reversa

 

101
10.12 Chromatofocusing (CM)

Neste tópico iremos apresentar e discutir a técnica cromatográfica conhecida como chromatofocusing

 

102
10.13 E agora, como desenvolvo meu método?

E agora José?!?!?!?!

 

103
10.14 Ferramentas de produtividade para uso no desenvolvimento de métodos cromatográficos

Algumas ferramentas que podem ser muito, mas muito úteis, no desenvolvimento de um processo cromatográfico.

 

104
10.15 Métricas para desenvolvimento de um processo cromatográfico

Vamos apresentar aqui algumas métricas generalizadas para auxiliar no desenvolvimento de processos de purificação!

 

105
10.16 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

 

Módulo 11 - Purificação de proteínas: Operações de polimento e formulação

106
11.1 Introdução a Operações de polimento e formulação

Neste tópico iremos falar sobre operações de polimento e formulação, que são a última etapa de um processo de purificação de bioprodutos.

 

107
11.2 Dessalinização, Troca de tampões e concentração de proteínas

Neste tópico iremos falar sobre operações de troca de tampões e concentração de proteínas

108
11.3 Ultrafiltração

Neste tópico iremos falar sobre a ultrafiltração como estratégia para a concentração de proteínas em etapas de polimento e formulação

 

109
11.4 Precipitação

Neste tópico iremos falar sobre a precipitação como estratégia para a concentração de proteínas em etapas de polimento e formulação

 

110
11.5 Diálise

Neste tópico iremos falar sobre a diálise, técnica muito usada para eliminar moléculas pequenas e sais oriundos de etapas anteriores do processos de purificação

 

111
11.6 Liofilização

Neste tópico iremos falar sobre a liofilização como técnica para a concentração de proteínas em etapas de polimento e formulação

112
11.7 Outro métodos

Mais alguns métodos alternativos para implementação de etapas de polimento e formulação

 

113
11.8 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

 

Módulo 12 - Integração de bioprocessos e introdução ao conceito de Quality By Design

114
12.1 Considerações sobre a integração do processo produtivo e de purificação de uma biomolécula

Neste tópico iremos abordar alguns aspectos sobre a integração de processos de upstream e downstream.

115
12.2 A abordagem Quality by Design para desenvolvimento de processos produtivos de bioprodutos

Neste tópico iremos discutir porque o conceito de qualidade deve ser integrado ao desenvolvimento de um processo produtivo de biomoléculas

116
12.3 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

 

Módulo 13 - Estudo de caso: Produção e purificação de L-Asparaginase em escala de bancada

117
13.1 Introdução - L-Asparaginase

Neste tópico iremos apresentar o biofármaco L-Asparaginase

 

118
13.2 Métodos de produção

Neste tópico vamos falar sobre a produção da L-Asparaginase

 

119
13.3 Clarificação

Neste tópico iremos apresentar e discutir estratégias para a clarificação do meio fermentado contendo a L-Asparaginase

 

120
13.4 Extração da enzima

Neste tópico iremos apresentar e discutir estratégias para extrair a L-Asparaginase para o meio

 

121
13.5 Purificação - Cromatografia de troca iônica

Neste tópico iremos apresentar um estudo de caso para a purificação da L-Asparaginase utilizando métodos cromatográficos

122
13.6 Purificação - Cromatografia de exclusão molecular

Neste tópico iremos apresentar um estudo de caso para a purificação da L-Asparaginase utilizando métodos cromatográficos

 

123
13.7 Concentração e dessalinização

Neste tópico iremos apresentar um estudo de caso que mostra métodos para concentração e dessalinização da L-Asparaginase

 

124
13.8 Quantificação

Como quantificar a L-Asparaginase?

 

125
13.9 Revisão

Vamos rever o que aprendemos neste módulo?

 

5
5 de 5
1 avaliação

Payment options Buy this content to have immediate access

Pay an one-time fee and have immediate access
R$ 450,00
Purificação de Produtos Biotecnológicos

Including

7-day money back guarantee
45 hours of content
124 video classes
Access for 24 months
Certificate of Completion
Watch on computer, phone or tablet
Discussion Forum

Perfil do Usuário

Hello, Guest
You aren't logged in